Projectos apoiados pela APARF em 2024

Projectos da APARF em Angola

Angola

As Irmãs Missionárias do Espírito Santo pedem-nos a renovação de apoio para darem uma refeição semanal a crianças que vivem na rua, no bairro Caxila II, Ondjiva-Cunene.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 1.000,00€.

Projectos da APARF no Chade

Chade

As Irmãs Salesianas têm a seu cargo O Centro de Deficientes “Lo Njia Tar”, Diocese de Doba, Chade.

Como as pessoas pobres e, que dadas as suas deficiências, dificilmente conseguem ter meios para comprar no mercado a cadeira de rodas ou o triciclo adaptado à sua deficiência, as Irmãs pretendem fabricar no Centro pequenos triciclos, cadeiras de rodas adaptadas e muletas para pessoas deficientes motoras de toda a Diocese e fornecê-las a preços comportáveis pelas pessoas.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 10.000,00€.

Projectos da APARF em Moçambique

Moçambique

O Fr. Boaventura, do Instituto dos Pobres de Jesus Cristo, pretende ajudar os presos com alimentação, mas principalmente com medicamentos e tratamento de doenças dermatológicas, tuberculose, HIV, tifo, etc. e com artigos de higiene.

Com este projecto pretende dar assistência a 1.700 presos distribuídos por 3 cadeias na cidade da Beira.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 3.500,00€.

Pedem a renovação do apoio alimentar a 153 alunos do Instituto Agro-pecuário Sagrado Coração de Jesus de Namaacha, um internato propriedade da Arquidiocese de Maputo. É um distrito fértil para agricultura e para a pecuária, razão porque o Instituto tem por objectivo “formar técnicos e criar centros de apoio agrário e pecuário no distrito para assistirem os agricultores, sejam particulares ou sociedades”.

Os alunos são chamados a comparticipar com uma propina mensal, mas há muitos que nada podem pagar e a Arquidiocese estipulou que 20 a 25% dos alunos, desde que portadores de atestado de pobreza passado pela assistente social e confirmado pelo chefe da aldeia e pároco, devem ser admitidos.

O produto do trabalho desenvolvido no Instituto, produção agrícola e iniciação à pecuária permite ter alguns produtos para consumo interno e já começam a ter excedentes para vender.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 5.000,00€.

O projecto da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa, de voluntariado internacional na área da saúde tem como objectivo diagnosticar e acompanhar as pessoas doentes aos centros de saúde nos bairros pobres da Matola, Maputo.

Perspectivam e concretizam já, por esta via do voluntariado, a “existência de um mundo com médicos mais humanos e conhecedores das várias realidades do Mundo, capazes de responder melhor e de forma mais adequada aos desafios clínicos e sociais com os quais se depararão durante a sua vida profissional.”

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 4.000,00€.

As Irmãs Filhas de Jesus do Centro de Saúde da Comunidade do Metoro pedem-nos a renovação do apoio para mais 1 ano de atendimento a crianças e jovens na área da saúde e no combate à desnutrição infantil com leite e vitaminas.

Pretende-se diminuir a desnutrição, possíveis doenças transmissíveis, acompanhar a mãe-criança na alimentação, controlo de peso, cuidados de vacinas e saúde integral.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 4.000,00€.

Projectos da APARF em Portugal

Portugal

A CSVP de Ermesinde tem como objectivo ajudar os mais pobres da Paróquia. A falta de recursos financeiros com que a Conferência actualmente se depara, o Fundo Social da Diocese do Porto onde recorriam terminou em 2018, constitui um grave problema no auxílio a quem mais precisa.

Durante o confinamento da pandemia chegaram a prestar auxílio a 231 pessoas da cidade de Ermesinde na compra de medicamentos e bens essenciais. Empresta também camas articuladas e cadeiras de rodas às famílias mais carenciadas. Em casos mais graves, paga as facturas da farmácia, água, electricidade e gás.

Todas as famílias acompanhadas pela Conferência estão referenciadas pelas assistentes sociais da Junta de Freguesia de Ermesinde e Câmara Municipal de Valongo e da Segurança Social.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 1.000,00€.

Projectos da APARF em São Tomé e Príncipe

S. Tomé e Príncipe

As Franciscanas Missionárias de Nossa Senhora em São Tomé mantêm o programa de assistência e apoio a 200 idosos muito pobres que residem nas roças na zona a norte da ilha.

As roças, que foram grandes centros de trabalho ao serem abandonadas foram ocupadas pelas pessoas que não têm outro local para viver. São comunidades onde se vive em barracas muito precárias, com dificuldades de alimentação, salubridade, higiene e cuidados básicos de saúde.

As Irmãs vão semanalmente às roças com a lista das pessoas que estão referenciadas e fazem a distribuição de bens essenciais como leite em pó, arroz, massa, outros nutrientes, sabão e alguns medicamentos.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 5.000,00€.

As crianças e jovens que querem estudar têm de residir na cidade durante o período escolar pois, em São Tomé, não há rede de transportes. As famílias mais pobres, as que vivem nas roças, não têm dinheiro para pagar o alojamento dos filhos para que estudem. A única solução para estes jovens é o apoio na casa das Congregações Religiosas.

Pretendem, com este projecto, dar apoio na alimentação, higiene e cuidados básicos de saúde a 20 jovens estudantes que acolhem, em Guadalupe, a norte da ilha.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 5.000,00€.

Projectos da APARF no Sudão do Sul

Sudão do Sul

A Ir. Elisabete Almendra, Missionária Comboniana, a trabalhar na diocese de Wau, no Sudão do Sul, pede a renovação do apoio para dar continuidade ao projecto que desenvolve com os jovens que está a apoiar, cerca de 100 famílias pobres.

Dá apoio, também, com alimentação e tratamentos básicos saúde 180 famílias de doentes de lepra. Faz visitas semanais aos doentes e às famílias. É uma zona endémica.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 5.000,00€.

O Irmão Rosário Iannetti, Missionário Comboniano, solicita à APARF a renovação do projecto de apoio à aquisição de medicamentos para o Hospital Mary Immaculate em Mapuordit, Diocese de Rumbek (DOR), com o objectivo de assegurar o abastecimento de medicação e a qualidade da medicação.

Trata-se de um hospital de referência para os casos de HIV, oferecendo terapias adequadas. Semanalmente uma equipa leva, às diferentes comunidades externas ao hospital, serviços pré-natal/prevenção da transmissão vertical do HIV’s e imunização infantil. Neste momento tem 120 camas e providência a cura, tratamento e prevenção a mais de 200.000 residentes na sua área de implantação.

O objectivo do projecto é ser capaz de garantir um suprimento adequado de medicamentos e suprimentos médicos/cirúrgicos para os nossos pacientes”.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 11.000,00€.

Projectos da APARF na Tanzânia

Tanzânia

A Congregação das Pequenas Servas de Maria Imaculada (Congregation of the Little Servants of Mary Immaculate Sisters) que trabalham na Tanzânia na região de Mara – Musoma, solicitam a renovação do apoio para o fornecimento do pequeno-almoço e almoço a 300 crianças pobres que frequentam a Escola que dirigem.

Os alunos são de famílias pobres e não têm como pagar as propinas. Cerca de 70% dos alunos é na escola que tomam a única refeição diária e é uma forma de combaterem a desnutrição e o abandono escolar.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 5.000,00€.

Timor Leste01

Timor-Leste

A Ir. Albina Ferreira, das Irmãs Franciscanas Missionárias de Nossa Senhora, solicita apoio para 150 crianças desfavorecidas do Jardim de Infância e ATL de Laleia, em Timor-Leste.

A pobreza do país, a debilidade da segurança social e da assistência na saúde, obrigam a uma maior atenção às carências dos mais “desprotegidos”, sejam idosos, doentes ou crianças. É neste sentido que as Irmãs pretendem, também, dar apoio a mais crianças desnutridas e idosos “abandonados” que não têm outra ajuda que não seja a dada pela Congregação.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 4.000,00€.

Projectos da APARF na Zâmbia

Zâmbia

As Irmãs Teresianas pretendem dar educação a todas as crianças desfavorecidas, independentemente do seu estatuto ou crença religiosa.

A escola tem 360 alunos e a maioria das crianças que a frequenta vêm de famílias muito pobres que dificilmente conseguem pagar uma refeição por dia. A escola tem uma horta com milho, legumes e árvores de fruto que ajuda na alimentação dos alunos.

Pedem apoio à APARF para manter as crianças na escola através da prestação de cuidados de saúde e alimentação.

A Direcção decidiu apoiar este Projecto com a verba de 12.500,00€.