Campanhas em Acção

DIA MUNDIAL DA ÁGUA

22 de Março de 2022

Estimados Amigos

A água é fundamental para a sobrevivência da espécie humana”, um jargão que ninguém contesta. A água é essencial para a prevenção, tratamento, cura e erradicação da doença da lepra, também todos sabemos. Mas não nos basta saber, é preciso agir, fazer.
Relatórios da ONU dão-nos nota que, actualmente, mais de 660 milhões de pessoas no mundo não têm acesso a água limpa e quase mil milhões fazem as suas necessidades a céu aberto. Dá conta que três em cada dez pessoas não têm acesso a água potável, com maior incidência em países com um elevado nível de “stress” hídrico e que esse número de pessoas dobra se considerarmos que há grave escassez de água potável durante, pelo menos, um mês todos os anos.
Se não há água limpa, o risco emergente é o aparecimento de diarreia, e, se recorrente, instala-se a desnutrição … e se esta se mantém por muito tempo, torna-se crónica, abrindo a porta a quase todas as doenças graves e muito graves.
Outro relatório oficial diz-nos que mais de 800 crianças, com menos de cinco anos, morrem diariamente, por não terem acesso à água potável, saneamento básico e condições adequadas de higiene. Esta é, também, uma das principais causas do aparecimento, e proliferação, da doença que todos queremos ver erradicada. As alterações climáticas gerando ora cheias e enxurradas, arrasando toda a pequena agricultura sustento dos mais pobres, alternando com anos seguidos de seca, igualmente devastadora, agrava ainda mais as condições de sobrevivência de quem já nada tem.
Um dos objectivos prioritários da APARF ao longo destes 35 anos tem sido que todos possam ter acesso a água potável, como forma de prevenção da doença da lepra, de salvar vidas, e de melhoria de condições de vida às pessoas tão vulneráveis e estigmatizadas. Todos nos preocupamos, todos podemos ajudar.
Contamos consigo na colaboração e na divulgação desta campanha.

Campanhas em Acção

69º DIA MUNDIAL DOS DOENTES DE LEPRA

30 de Janeiro de 2022

Estimado amigo e amiga,
Ao aproximarmo-nos da celebração do Dia Mundial dos Doentes de Lepra a Associação Portuguesa Amigos de Raoul Follereau não pode deixar de invocar a data e sensibilizar a opinião pública para a problemática da doença da lepra em Portugal e no Mundo.
Ao longo dos 35 anos de existência, a APARF apoiou 1.885 projectos, no valor de 19.039.480,68€ destinados à prevenção, tratamento e cura da doença da lepra. Na sua prevenção: combate à fome, subnutrição e acesso à água potável; no tratamento e na cura: com voluntários no terreno, que identificam a doença, tratam das feridas e providenciam o acompanhamento e a medicação correctos.
Com o agravamento das situações de extrema pobreza, devido à pandemia, há uma preocupação acrescida com a evolução das condições propícias à propagação da doença. Anualmente são identificados mais de 200 mil novos casos de lepra no mundo, comunicados à OMS, mas receamos a eclosão de muitos mais casos.
Embora vivamos momentos de alguma incerteza, medo e angústia, precisamos muito da sua ajuda na campanha e no peditório do Dia Mundial dos Doentes de Lepra. Com o objectivo de continuar a chegar mais longe e a quem mais precisa contamos consigo para promover, divulgar e incentivar as pessoas conhecidas e amigas a colaborarem com a APARF. Só assim, convosco, conseguiremos.
Juntamos alguma documentação e lista de material para a Campanha/2022. Não hesite em requisitar.
Os donativos podem ser enviados por vale de correio, transferência bancária, cheque ou multibanco.
“A caridade tudo pode vencer. E tudo pode curar.” (Raoul Follereau)
Com elevada estima e consideração e os sinceros votos de um Bom Ano.