Temida e esquecida, a doença da lepra ainda existe no Quénia

Temida e esquecida, a doença da lepra ainda existe no Quénia.

Os dados mostram que o Quénia reduziu os números de 6.558 em 1986 para apenas 109 em 2018. O professor Matilu Mwau, médico e especialista em doenças infecciosas, classificou os casos como “muito poucos, mas ninguém deveria sofrer da doença de lepra nesta era”.

Estudos, incluindo os patrocinados pelo Ministério da Saúde, mostram que a baixa suspeita nos profissionais de saúde contribui imensamente para a disseminação da doença.