A APARF em Moçambique

Projecto 1/2019
Projecto: “Programa de apoio ao aleitamento materno – Paróquia de Santa Cecília de Ocua”

A equipa “Salama” constituída por grupo de voluntários enviados pelo Centro Missionário Arquidiocesano de Braga, a trabalhar em Pemba, Moçambique, solicitam à APARF a renovação do apoio já concedido no ano anterior para a Paróquia de Santa Cecília de Ocua, onde a APARF financiou a construção do Centro de Saúde.
O Projecto apresentado “Programa de apoio ao aleitamento materno” visa contribuir para a melhoria da saúde materno-infantil e para uma melhor nutrição do bebé e da mãe, sensibilizando sempre para a importância da amamentação nos primeiros meses de vida e a necessidade do acompanhamento médico no desenvolvimento do bebé (registo semanal, peso, vacinação…). Pretendem dar apoio alimentar a 25 crianças e complementar com acções de formação a 25 adultos (respectivos pais/educadores).
A Direcção aprovou o Projecto pela verba solicitada de 3.183,36 Euros para a alimentação das crianças e formação das mães durante 8 meses.

Projecto 2/2019
Projecto: “Ajuda aos cristãos atacados em Cabo Delgado – Moçambique”

Em reunião havida com sua Reverência o Bispo de Pemba, D. Luiz Lisboa, este deu-nos conta das dificuldades e carências dos cristãos em Cabo Delgado, particularmente na zona de Macomia, vítimas dos ataques levados a cabo, por motivos religiosos, por grupos extremistas e que são do conhecimento geral.
A Direcção deliberou aprovar a verba de 5.000,00 Euros, para apoio às dificuldades apresentadas pelo Senhor Bispo de Pemba.

Projecto 8/2019
Projecto: “Renovação “Bolsas para estudantes de enfermagem”

A Irmã Glória Zegarra, das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria, envia um breve relatório relativo ao projecto das bolsas de estudo, destinado aos estudantes de enfermagem com poucos recursos económicos. Envia também mais uma carta a pedir a renovação das bolsas para o ano de 2019.
Solicita à APARF o apoio para o próximo ano lectivo para o pagamento das propinas de 4 jovens estudantes
A Direcção deliberou aprovar o Projecto pela verba solicitada 3.500,00 Euros.

Projecto 11/2019
Projecto: “Alimentação das crianças do Infantário/Orfanato de São José de Cluny-Tete”

A irmã Maria Freitas, da Congregação das Irmãs de S. José de Cluny, solicita à APARF a renovação do Projecto “Alimentação das crianças do Infantário/Orfanato de São José de Cluny”.
O Infantário de S. José de Cluny, assim registado a pedido do Governo Provincial, acolhe 89 crianças órfãs e abandonadas, das quais muitas com problemas de saúde (HIV-Sida).
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba solicitada de 7.500,00 Euros.

Projecto 12/2019
Projecto: “Diagnóstico e tratamento de doentes”

Com o total apoio da Diocese de Pemba, a enfermeira Estrella Arjomil tem pedido apoio à APARF para desenvolver, em Pemba, o trabalho de combate à Lepra, em perfeita sintonia com a Direcção Provincial de combate à Lepra.
A enfermeira Estrella tem dedicado todo o seu tempo a este projecto e ao projecto de formação e capacitação de líderes locais e formação de grupos de auto-cuidado. Tem na sua posse uma viatura da APARF e sempre que pode envia relatórios da sua actividade.
Ultimamente o carro tem-lhe dado muitos problemas e tem tido muitas despesas com ele. De referir que o carro tem 10 anos de serviço em África. Começa a sentir insegurança para viajar até às comunidades, que visita com regularidade.
A Direcção deliberou aprovar o Projecto pela verba de 20.000,00 Euros, destinada à aquisição de uma viatura em 2ª mão.

Projecto 13/2019
Projecto: “CEMSP, Ajudando as Crianças vizinhas”

O Pe. Álvaro López, Missionário da Consolata, Director do Centro de Espiritualidade e Missão São Paulo, Distrito de Kamavota, Bairro Laulane, Maputo, Moçambique, apresenta um projecto de apoio às actividades com crianças que moram na vizinhança do Centro de Espiritualidade. Com uma grande densidade populacional na área pretende-se beneficiar as crianças, os jovens e as respectivas famílias criando-lhes uma ocupação. Trata-se de um espaço de acolhimento e de apoio a crianças, adolescentes e jovens em actividades educativas, culturais, desportivas e artesanais.
A Direcção deliberou aprovar o Projecto pela verba de 1.000,00 Euros que contempla as rubricas do orçamento apresentado relativas a alimentação.

Projecto 20/2019
Projecto: “Projecto Saúde Comunitária em Milange”

As Irmãs Missionárias Dominicanas do Rosário, presentes em Moçambique desde 1959 em Milange, dirigem-se à APARF descrevendo as dificuldades sentidas na área da alimentação/desnutrição. Embora seja uma área fértil as comunidades não têm como armazenar os alimentos durante o ano e acabam por vendê-los no Malawi.
Por outro lado, a província da Zambézia no ano de 2015, tinha uma prevalência de 15.1% de doentes afectados pelo HIV/SIDA. Na sua maioria mulheres e crianças, que acabam por falecer devido à falta de tratamento e discriminação.
A Enfermaria de Pediatria do Hospital Distrital de Milange, nos meses de Outubro a Abril, fica cheio de crianças com desnutrição grave associadas e também com outras doenças.
É neste panorama que as Irmãs Dominicanas propõem um projecto de aleitamento para os bebés: órfãos, filhos de mães portadoras do HIV/SIDA, gémeos desnutridos, contribuir para que as famílias possam garantir anualmente alimentação familiar, potenciar e diversificar os produtos agrícolas, produzidos na zona. Pretendem não só distribuir o leite e papinhas, como visitar as famílias carenciadas, dar formação – formação de mulheres líderes, e por exemplo, alargar a experiência do uso do leite de cabra.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 5.000,00 Euros.

Projecto 21/2019
Projecto: “Centro Social “Flori” – Projecto Hitahanya “Viveremos!”, “Banco de Leite e Papinhas”

Em 1994 foi criado, nas Mahotas, o Centro Social Flori, “…com o objectivo de realizar um trabalho de desenvolvimento comunitário integral com a população das Mahotas e bairros limítrofes…”. Com enfâse no desenvolvimento e formação da mulher, é a mulher que garante a sustentabilidade da família, o cuidado e educação dos filhos e dada a realidade da pobreza e das doenças, nomeadamente a pandemia de HIV/SIDA, tuberculose… existe um grande número de órfãos.
Para aliviar a situação, as Irmãs Dominicanas têm vindo a promover um “Banco de leite e papinhas” para minimizarem a situação das crianças vítimas desta realidade. Pretendem, não só distribuir o leite ou a papinha a cerca de 40 crianças, como dar formação a nível de saúde a quem as acompanha.
Até ao momento não têm tido qualquer apoio oficial. Têm apenas funcionado com a generosidade e disponibilidade de comunidades e pessoas amigas.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 5.000,00 Euros.

Projecto 22/2019
Projecto: “Abertura de um furo de água para a população do Bairro de Nampaco”

O Projecto é apresentado pelo Sr. Arcebispo D. Tomé Makhweliha, Arcebispo Emérito de Nampula em colaboração com o P. Wilson Reveque, Missionário de São João Baptista, que será o responsável pela implementação do projecto.
Vêm solicitar apoio à APARF para o financiamento da abertura de um poço para abastecimento de água à população do Bairro de Nampaco. Os principais beneficiários deste Projecto serão, sobretudo, as mulheres e as crianças que já não serão obrigadas a percorrer longas distâncias para se abastecerem de água. Como se prevê a construção do mesmo, ao longo da estrada, que é percorrida por alunos a caminho da Escola (cerca de 1 km de distância da Escola) prevê-se que, também eles irão usufruir da água, seja para beber ou “mesmo lavar a cara… se não também os pés”.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 11.500,00 Euros.

Projecto 23/2019
Projecto: “Saúde e Nutrição Infantil 2019”

O Pe. Ricardo Marques, da Sociedade Missionária da Boa Nova, é pároco da Paróquia Maria Auxiliadora, em Pemba, Moçambique.
A população da Paróquia é muito carenciada sendo elevados os números de HIV, lepra, tuberculose, malária e cólera, bem como a desnutrição infantil crónica atingindo, esta, sobretudo, a faixa etária infantil até aos 5 anos de idade. “A fome em Pemba continua a ser uma realidade cruel que atinge a maioria das famílias com particular relevo para as crianças”. Tanto o número de crianças desnutridas como a taxa de mortalidade infantil são inaceitavelmente elevados.
Neste contexto, com a resolução de o reverter, a “Ajuda Fraterna”, serviço da Paróquia, lançou a iniciativa “Saúde e Nutrição Infantil 2018” para a qual contou com o apoio da APARF. O projecto apoia crianças com doenças várias e desnutridas ajudando-as c/tratamentos clínicos, medicamentos e alimentação e o seu êxito abrange mais de 400 crianças.
Não tendo a paróquia condições para a autossustentabilidade do projecto e dada a sua pertinência para o crescimento saudável das crianças, o Pe. Ricardo solicita à APARF apoio para a sua continuidade.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 15.000,00 Euros.

Projecto 25/2019
Projecto: “Apoio alimentar aos doentes do Hospital do Marrere”

O P. Wilson Reveque, Missionário de São João Baptista, solicita apoio à APARF para a alimentação dos doentes internados no Hospital Geral do Marrere.
Este projecto irá beneficiar, durante um ano, entre 100 e 125 doentes por dia: doentes de tuberculose, HIV/SIDA, doentes prisioneiros, crianças e mulheres grávidas.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 7.000,00 Euros.

Projecto 26/2019
Projecto: “Matar fome das crianças é dar vida”

O P. Wilson Reveque, Missionário de São João Baptista, solicita apoio à APARF para a alimentação das crianças pobres que frequentam o Centro Infantil Pe. João Maria Haw, em Nampaco-Nampula.
Com o objectivo de acolher, formar e dar alimentação nutricional às crianças pobres pedem apoio à APARF para a alimentação de cerca de 130 crianças, entre os 2 e os 5 anos, durante 7 (sete) meses, de Junho a Dezembro.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 5.000,00 Euros.

Projecto 30/2019
Projecto: “Ajuda humanitária para resposta ao Ciclone Kenneth, em Cabo Delgado”

D. Luiz Fernando Lisboa, Bispo de Pemba envia à APARF um email com a descrição da destruição causada pelos dois ciclones, Idai e Kenneth, que atingiram Moçambique nos meses de Março e Abril.
O ciclone Kenneth invadiu quase toda a província de Cabo Delgado deixando um rasto de destruição na Diocese de Pemba. Contam com a perda da vida de 43 pessoas e com a destruição incalculável de casas, escolas, igrejas, estradas, lojas, plantações, prédios públicos.
Na Missão de Macomia, Distrito de Macomia, entrada do ciclone, quase 90% das casas e plantações foram total ou parcialmente destruídas. Há falta de telhados na Escola Secundária, Igreja, casa dos padres, Escolinha, Internato (afectando os dormitórios, biblioteca, casas de banho…).
Diante disso, vimos respeitosamente solicitar aos amigos da APARF que nos apoiem com qualquer quantia monetária para darmos uma resposta humanitária e urgente a esta situação.”
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 10.000,00 Euros.

Projecto 32/2019
Projecto: “Apoio à Casa do Gaiato de Maputo “Viver na Esperança”

A Sra. Quitéria Torres, Directora da Casa do Gaiato de Maputo, apresenta a proposta de apoio para o ano 2019, para continuar a obra de acolhimento, alimentação, cuidados de saúde, assistência médica e medicamentosa às crianças órfãs (internas e integradas em famílias de acolhimento), crianças em situação de risco, doentes crónicos e idosos das Comunidades vizinhas, e a reabilitação de 5 casas.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 50.000,00 Euros.

Projecto 33/2019
Projecto: Associação Capulana – Projecto “De 1 Escola a 3 Aldeias”

A associação supra foi fundada por um casal português que veio a conhecer o Padre José Maria (responsável e fundador da Casa do Gaiato de Maputo).
Foi através do Sr. Padre José Maria que foi identificada uma população carenciada.
Em 2000 constroem um furo artesiano com bomba manual para o abastecimento de água, uma escola e também de um centro de saúde. Foram, também, construídas as infraestruturas básicas necessárias ao apoio ao centro de saúde e da escola, construindo uma cozinha e um refeitório.
Neste momento pretendem dar apoio a mais duas aldeias próximas, garantindo uma refeição diária para as crianças das Escolas das Aldeias de Mazimunhama e Mussequelane.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 5.000,00 Euros.

Projecto 34/2019
Projecto: “Ajuda para trabalho com meninas do Internato Beata Maria Pilar”

O Internato Beata Maria Pilar nasceu da urgente necessidade de oferecer um lugar para as meninas. Muitas meninas casam-se antes de terminar o ensino secundário e antes mesmo dos 15 anos. Ficam expostas à violência, gravidez precoce, HIV-SIDA e ao abandono. São meninas órfãs, pobres e vulneráveis.
Neste momento têm 44 meninas entre os 6 e os 18 anos e a maior necessidade é o suporte à alimentação, limpeza e higiene e aquisição de material escolar.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 4.000,00 Euros.

Projecto 36/2019
Projecto: “Solicitação de ajuda humanitária para resposta ao Ciclone Kenneth, em Cabo Delgado”

D. Luiz Fernando Lisboa, Bispo de Pemba envia à APARF um email com o agradecimento do apoio concedido para a ajuda na “reconstrução” da vida quotidiana depois dos estragos causados pelos dois ciclones, Idai e Kenneth, que atingiram Moçambique nos meses de Março e Abril. Na sua carta refere:“… A reconstrução ainda durará muito tempo e continuamos a precisar de ajuda….”.
A Direcção deliberou renovar o projecto pela verba 10.000,00 Euros.

Projecto 37/2019
Projecto: “Alimentação das crianças da Escola Maria Rivier”

A Ir. Maria Teresa Rebelo, da Congregação das Irmãs da Apresentação de Maria, apresenta à APARF o relatório do projecto anterior e solicita novo apoio para dar continuidade ao Projecto de Alimentação das crianças da Escola Primária Comunitária Maria Rivier.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 5.000,00 Euros.

Projecto 38/2019
Projecto: “Apoio a pessoas com lepra e necessitados de Mitande”

A Irmã Perpétua Namingu, a trabalhar em Mitande, solicita apoio à APARF para dar continuidade ao projeto de apoio aos doentes de lepra e às famílias que foram atingidas pela doença, bem como outras famílias que por motivo de outras doenças, viuvez, ou outro tipo de incapacidade (sobre)vivem com muita dificuldade.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 10.000,00 Euros.

Projecto 39/2019
Projecto: “Alimentação das crianças da Escola Comunitária São João de Deus”

O P. Alberto Tchindemba, Missionário Espiritano, apresenta o relatório relativo ao último projeto apoiado pela APARF e vem solicitar a renovação do mesmo. O projeto tem como objetivo garantir um lanche diário para as crianças do ensino primário da Escola Primária São João de Deus, ajudando a garantir um melhoramento do aproveitamento escolar. Os beneficiários do projecto são 917 crianças da 1ª à 7ª Classe.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 5.000,00 Euros.

Projecto 40/2019
Projecto: “Equipamento de laboratório”

A Ir. Gloria Zegarra Casaía das Irmãs Franciscanas Missionárias de Maria, apresenta-nos a dificuldade que sente em adquirir equipamento necessário para as práticas de laboratório do Curso de Farmácia na Universidade Católica de Moçambique, Faculdade de Ciências da Saúde. O material não se encontra em condições e o número de estudantes aumenta todos os anos. Tendo o Curso uma componente muito prática é difícil exercê-la sem o equipamento necessário – aparelhos para o laboratório de farmácia. Solicita à APARF qualquer tipo de ajuda.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 10.000,00 Euros.

Projecto 45/2019
Projecto: “Furo Jardim Infantil Mães de Mavalane”

O Pe. Anastácio Jorge, SMBN, escreve-nos manifestando a sua preocupação com a falta de água devido ao furo que assoreou. O mesmo servia o Jardim Infantil, a comunidade cristã e ligava água a 163 famílias mediante um custo mensal para a manutenção.
Pretende deste modo fazer um novo furo, noutro local, mas dentro do terreno e aproveitar a infraestrutura existente: torre dos tanques e 4 tanques de 10 mil litros cada.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 10.000,00 Euros.

Projecto 47/2019
Projecto: “Uma viagem para a vida”

A Irmã Maria Pedron, Missionária Comboniana, a trabalhar no Hospital do Marrere, no sector de Cardiologia, pede apoio à APARF para dar continuidade ao projecto de apoio médico e medicamentoso a crianças com patologias cardíacas, cerca de 900 doentes.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba solicitada 20.000,00 Euros.

Projecto 48/2019
Projecto: “MESA S. LÁZARO” – Centro de Acolhimento Mesa S. Lázaro

O Centro tem sobrevivido dos benfeitores que o Pe. Lázaro conheceu no tempo que esteve em Portugal. Mas o número de crianças e de necessidades têm vindo a aumentar. Neste momento tem 40 crianças e têm capacidade para 60. No entanto as ajudas financeiras têm vindo a diminuir e é neste sentido que se dirigem à APARF pedindo apoio para continuarem e melhorarem as condições daquelas crianças. Junta orçamento, carta de recomendação do Bispo de Quelimane, D. Hilário da Cruz Massinga e cópia do alvará do Centro de Acolhimento Mesa de São Lázaro. Solicita à APARF qualquer tipo de ajuda.
A Direcção deliberou aprovar o projecto pela verba 5.000,00 Euros.

Contribua para os Projectos da APARF, através da Conta APARF nº 0557030331431 (CGD – Olivais/Lisboa) – IBAN: PT50 0035 0557 0003 0331 43165