Espaço Núcleos e Grupos APARF

Neste espaço pretende-se dar voz aos Núcleos e Grupos da APARF. Poderá consultar a lista aqui. Se já faz parte de um Núcleo ou Grupo da APARF poderá colaborar nesta página enviando-nos sugestões, testemunhos, fotos ou vídeos através do email: aparf@aparf.pt

Grupo Local de Ermesinde da APARF

66º DIA MUNDIAL DOS LEPROSOS
CAMPANHA NA IGREJA MATRIZ DE ERMESINDE E NO SANTUÁRIO DE SANTA RITA !

No final de dois fins-de-semana (19/20 e 26/27 de Janeiro) terminamos a campanha em prol das vítimas da lepra e de todas as “lepras” (cf. Raoul Follereau), na paróquia de Ermesinde e no Santuário de Santa Rita (Ermesinde) no âmbito do 66º Dia Mundial dos Leprosos que celebramos precisamente no passado dia 27 de Janeiro de 2019.

O nosso reconhecido obrigado ao pároco de Ermesinde, Padre João Peixoto e ao Padre Reitor do Santuário de Santa Rita, Padre Samuel Guedes pelo acolhimento e apoio a esta causa. O nosso agradecimento às assembleias celebrantes atentas às palavras que foram ditas a propósito desta enfermidade pelo Miguel Moreira Barbosa e pelo Carlos Santos, das causas da mesma e necessidade de prevenirmos para erradicarmos esta doença milenar e enfrentarmos todas as “lepras”. E também a importância da palavra de todos os sacerdotes corroborando o que havia sido dito, enfatizando a necessidade de partilharmos, para assim darmos sentido à vida, levando outros a viverem.


Estiveram envolvidos na campanha destes dois fins-de-semana alguns dos membros do grupo local de Ermesinde da Aparf e Amigos e ainda a preciosa colaboração do CNE de Ermesinde.. Para além do Miguel Moreira Barbosa e do Carlos Santos, o Serviço imprescindível desempenhado pela Graça Oliveira, pelo Mario Monteiro, pelo Manuel Guerra, pelo Ricardo Sousa, pelo Helio David, pela Amelia Monteiro, pelo Pedro Miguel Monteiro, pela Filomena Monteiro, pelo Rafael Fonseca e outros amigos (as) que às portas da casa das igrejas distribuíram sorrisos e informações (publicações e flyers) acerca da causa que inspira e motiva toda a acção da Associação Portuguesa Amigos de Raoul Follereau (APARF) e agradeceram a partilha dos cristãos que viveram as celebrações.
Um  grato a todos os benfeitores que partilharam com imensa generosidade.


“Como seria belo se cada um de vós pudesse, ao fim do dia, dizer: hoje realizei um gesto de amor pelos outros!”
Papa Francisco

“O Segredo da Felicidade é fazer tudo com Amor”
Raoul Follereau

Núcleo Regional do Porto da APARF

O NÚCLEO REGIONAL DO PORTO/GONDOMAR ESTÁ DE PARABÉNS!

“Foi a 14 de Novembro do ano 1992 que nasceu em Gondomar o Núcleo Regional do Porto/Gondomar da APARF, na Quinta da Azenha, na Casa das Irmãs Franciscanas Missionárias de Nossa Senhora […]

Os anos foram passando, tendo este Núcleo, ao longo destes anos, tido altos e baixos como em tudo na vida!

Os membros da Mesa da Assembleia Regional com o passar dos anos, foram deixando o Núcleo por várias razões, mas os três membros da Direção mantêm-se ainda unidos ao fim de 25 anos de dedicação e amor à causa dos Leprosos. É maior a força que nos une do que a que nos separa!

Na história do Núcleo é de realçar a organização de 6 Espectáculos anuais consecutivos, de Solidariedade com os Leprosos, em Gondomar.
Temos muitas outras recordações ao longo destes 25 ANOS, mas seria exaustivo estarmos aqui a fazer referência a tudo aquilo por que passámos e que nos foi acontecendo durante este período.
Aquando do Dia Mundial dos Leprosos, o nosso Núcleo também tem um trabalho de responsabilidade que é ir às paróquias da vigararia de Gondomar falar com os párocos para que seja dada autorização, a fim de podermos fazer os peditórios junto das Igrejas e Capelas, bem como arranjar voluntários para fazerem os peditórios nos supermercados e centros comerciais no Porto, Vila Nova de Gaia, Matosinhos e em Gondomar.

Um agradecimento a todas as pessoas que de uma forma ou de outra sempre nos ajudaram e colaboraram connosco no Núcleo: voluntários, amigos e sócios da Associação Portuguesa Amigos de Raoul Follereau.

Um bem haja a todos eles, porque como dizia Raoul Follereau:
“O tesouro que vos deixo, é o bem que não fiz, que teria querido fazer e que vós fareis depois de mim”.”


Manuel Freitas
Núcleo Regional do Porto/Gondomar – APARF