A pandemia do COVID-19 tem um forte impacto no controlo e na prevenção da lepra/hanseníase

As pessoas afectadas pela doença de Lepra/Hansen sofrem o impacto desproporcional do Covid-19.

A pandemia do COVID-19 impactou fortemente o controle e a prevenção da hanseníase e, em resposta, o GPZL* estabeleceu três grupos de trabalho para enfrentar os principais desafios da comunidade hanseniana durante a crise de saúde global e liderar a resposta de emergência.

Os três grupos de trabalho de resposta COVID-19 da GPZL são:

  • Criar e fornecendo apoio para as necessidades urgentes dos Programas Nacionais de Lepra/Hanseníase, particularmente para o acesso às MDT e cuidados de acompanhamento.
  • Defender o acesso a cuidados de saúde abrangentes, serviços de protecção social e medidas humanitárias para as pessoas afectadas pela lepra ou hanseníase e as suas famílias.
  • Preparar o GPZL para o cenário global de saúde pós-pandemia.

*GPZL: Global Partnership for Zero Leprosy

 https://zeroleprosy.org/covid19/